Twitter Facebook YouTube

CUT SC > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUES > 30 DE MAIO: TODOS NA RUA CONTRA O AUMENTO DOS COMBUSTÍVEIS, EM DEFESA DOS DIREITOS E DA DEMOCRACIA!

30 de Maio: todos na rua contra o aumento dos combustíveis, em defesa dos direitos e da democracia!

29/05/2018

CTB, CUT e Intersindical emitem nota em apoio a pauta dos caminhoneiros e petroleiros e convocam a classe trabalhadora para a mobilização nesta quarta-feira, 30 de maio, a partir das 15h, no Largo da Catedral, em Florianópolis.

Escrito por: CUT, CTB e Intersindical

Vivemos um momento de profunda crise no país, com grande instabilidade política, econômica e social, consequência de um golpe orquestrado pela direita, pela grande mídia e pelo judiciário brasileiro. O atual governo é ilegítimo e está ao lado dos interesses dos grandes empresários e do capital internacional, massacrando a classe trabalhadora, com contínuos ataques aos direitos. Por isso, as centrais sindicais manifestam seu apoio à pauta legítima do movimento dos caminhoneiros pela redução dos preços dos combustíveis, mas repudiam veementemente a defesa da intervenção militar.

A redução temporária do preço do diesel, como foi proposta pelo governo Temer, não é suficiente e beneficiaria apenas os patrões, transferindo o problema para o restante da população. A redução do PIS/Cofins retirará recursos da previdência pública e será usada como argumento para impor o fim da aposentadoria. Lutamos contra todas as medidas do governo Temer – pela revogação da reforma trabalhista, pelo fim do congelamento dos gastos públicos, contra a aprovação da Reforma da Previdência, pela retomada dos direitos da classe trabalhadora e das políticas de desenvolvimento social.

As centrais chamam um ato unificado em apoio à paralisação dos petroleiros, que iniciarão uma greve de advertência de 72h à 0h do dia 30. A categoria reivindica não só a redução dos preços dos combustíveis e do gás de cozinha, mas também outras pautas importantes como o fim das importações de derivados de petróleo e o enfrentamento contra a privatização da Petrobras. Somente com uma paralisação nacional conseguiremos enfrentar os ataques desse governo golpista contra classe trabalhadora.

A alta de preços dos combustíveis é resultado da política entreguista do governo Temer de abrir mão do controle soberano nacional para beneficiar acionistas e grandes petrolíferas internacionais. O discurso de Temer de que a Petrobras está quebrada por conta dos governos anteriores é mentiroso, a situação atual da estatal é consequência das políticas privatistas do atual governo. Se a Petrobras passar para a iniciativa privada, o governo brasileiro não terá mais a possibilidade de controlar o preço do combustível que chega às bombas dos postos. Quem sofrerá com isso será o povo, que terá que bancar os preços cada vez mais altos do combustível e consequentemente do transporte público, dos alimentos e dos produtos industrializados, que são diretamente afetados pela alta da gasolina e do diesel. 

Por isso, as centrais sindicais conclamam a classe trabalhadora para que se una à mobilização dos petroleiros nessa quarta-feira (30), a partir das 15h, em Florianópolis, no Largo da Catedral.

- Pela redução dos preços dos combustíveis e gás de cozinha!

- Pela mudança na política de preços da Petrobras!

- Em defesa da Petrobras 100% pública!

- Pelo fim das importações de derivados de petróleo!

- Não às privatizações da Petrobras, da Eletrobrás, dos bancos públicos e de todas as estatais!

- Contra a intervenção militar!

- Pela saída imediata de Pedro Parente!

- Fora Temer!

- Em defesa da democracia e por eleições livres!

 

                                                 O PETRÓLEO É NOSSO!

 

CTB/SC

CUT-SC

Intersindical

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

TV CUT
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.

João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta(...)

RÁDIO CUT
Programa DizCUT Jornal dos Trabalhadores

CENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES DE SANTA CATARINA
Rua Visconde de Ouro Preto, 87 | Centro | CEP 88020-040 | Florianópolis | SC
Fone: (048) 3024-2053 | www.cut-sc.org.br | e-mail: cut-sc@cut-sc.org.br